21.6.10

Depois da Feira...

A Festa dos Zagalos, no Solar, foi muito gira.
Assim que cheguei, gostei logo do que vi, um Jardim grande com um Solar contíguo e uma música de fundo, de grandes compositores da época - séc. XIX, já que a festa tinha como tema recriar a vivência num Solar no sec. XIX.

As bancas para os vendedores eram giríssimas, em madeira com um toldo em tecido riscado amarelo e branco. A agenda prometia muitas actividades, uma visita guiada ao Solar, a Orquestra Metropolitana de Lisboa, workshops variados, danças, pintura.... Ainda não eram 10h já haviam visitantes a circular pelo jardim e durante o dia, muita gente visitou esta Festa, muitas crianças aprenderam a fazer peças em barro com um oleiro, a pintar, a fazer um cenário para teatrinho, a fazer barcos para brincadeiras na água...
A localização da minha banca era boa, ficava a meio percurso e junto a um grande lago. As vizinhas de banca, muito simpáticas.
Os produtos vendidos foram bastantes variados, desde livros antigos, chapéus em palhinha, brinquedos, bijuteria, velharias, costuras, plantas, chás, peças em barro... no jardim da parte de cima do Solar, a Organização colocou banquinhas de fruta, doces conventuais e comida para uma refeição rápida, seguida de um cafezinho e umas mantas espalhadas pelo chão, com umas almofadas para quem quisesse descansar.

Ah... já me esquecia, havia um pintor de serviço que fazia a carvão a nossa "fotografia". No final da tarde também eu lá fui e saiu um retrato bem engraçado. Quando tiver emoldurado mostro-vos.
Pena que esta inciativa seja anual.

Vejam só o que perderam:


3 comentários:

ei! kumpel disse...

esta feirinha parece ser mesmo o máximo!

Borboleta Serrana disse...

Que pena não ter conseguido ir:((
Pela descrição e passeando por vários blogues deu para ter um boa ideia do que foi!Também digo...."pena que seja anual"

stories behind disse...

ohhh... deve ter sido tão giro! :)